O que se vê por aqui


Estas páginas tem por objetivo exibir o trabalho que venho desenvolvendo com estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio, desde de 2005. Optei por exibir e prestigiar, nas matérias publicadas, produções artísticas coletivas. A escolha pela utilização de materiais menos “nobres” e sua transformação no processo de produção artística é uma das principais características das atividades propostas por mim. De maneira criativa e inusitada enfrentamos o problema: conseguir MAIS com MENOS. Como resultado, apresento o trabalho dos estudantes e mostro que é possível fazer arte de alta qualidade, com recursos materiais e didático-visuais mínimos. Muito obrigada pela visita.
• Clique sobre as imagens e veja em tamanho maior • Envie comentários para itarocha1@gmail.com

27 de fev de 2008

Paisagem Brasileira

Em novembro de 2007, a EE Homero dos Santos Fortes, realizou a sua a IV Feira Ecológica Anual; o assunto escolhido foi meio ambiente centralizando o estudo no Pantanal. Coube aos professores a função de pesquisar e desenvolver o projeto dentro do tema dado, cada um focando os aspectos temáticos relacionados à sua disciplina. Nesse ano, atendi a turmas de 1ª e 4ª Séries do Fundamental I.

Optei pelo tema Paisagem e por apresentar em DVD, imagens baixadas da internet de artistas que abordaram em suas pinturas a paisagens, a fauna e flora do Brasil, como Debret, Eckout, Tarsila.

As técnicas aplicadas nas atividades de criação foram, basicamente, dobradura, colagem e desenho de observação.

O trabalho dividiu-se em 4 fases:

  1. Abordagem do tema paisagem nas artes e visualização do Brasil, através das pinturas dos artistas citados;
  2. Reconhecimento da paisagem do Pantanal pela internet - como tudo pudemos ver por lá;
  3. Criação da paisagem Pantanal com águas, arvores e animais;
  4. Montagem.







O material usado foi papel sulfite, papel espelho, papel laminado, revista, cola e tesoura.

O suporte do trabalho foi papel sulfite colando uma folha ao lado da outra até que se completou paisagem. Cada um dos estudantes fez três folhas, em média.

Totalizaram em folhas de papel sulfite com criações dos estudantes:

  • 1097 folhas com colagens de árvores, feitas pela 1ª série
  • 482 folhas com colagens de água, 4ª série
  • dobraduras de animais: a quantidade é indefinida, pois o painel ficou disponível para a interferência dos outros professores e suas turmas, quem quis contribuiu e colou o seu.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá Ita, adorei seu blog, sou de Araraquara,SP, parabéns pelo projeto de artes indígenas, e gostaria de recomendar um blog que está relacionado ao mesmo assunto, é um blog novo de um aventureiro apaixonado por artes nascido em Aararaquara,por sinal, meu cunhado, que se aventurou nas Tribos Patachós em Porto Seguro.Acho que vale a pena visitá-lo. O blog chama-se RAKU PRA LUA.Bjos!Sandra